REPULSA - Crítica e Opinião Política
REPULSA - Crítica e Opnião Política
 
 
 
   
    PT assume suas intenções com o Brasil ao apoiar o golpe de Maduro na Venezuela  
   
   
    Por Repulsa, J.Rodrigues | 2017-07-31  
   
     
       
    O que mais precisa acontecer para o povo brasileiro entender o perigo que o PT e a esquerda representam para a democracia brasileira?  
   
    PT apóia a violenta repressão e o golpe de Maduro na Venezuela

“Apoio veemente de Gleisi a Maduro desagrada Lula e expõe divisão no PT sobre Venezuela”,é que destaca a Folha de S. Paulo.

Em nome do PT, Gleisi Hoffmann manifestou "apoio e solidariedade ao governo do PSUV (Partido Socialista Unido da Venezuela), seus aliados e ao presidente Maduro frente à violenta ofensiva da direita".

"Temos expectativa de que a Assembleia Constituinte possa contribuir para uma consolidação cada vez maior da Revolução Bolivariana (socialista e comunista) e que as divergências políticas se resolvam", citou a presidente do Partido dos Trabalhadores no 23º encontro do Foro de São Paulo, na Nicarágua.

Continua



Da mesma forma que aconteceu na Venezuela estava acontecendo no Brasil.

Lula mal foi eleito presidente do Brasil e já tratou de por em prática seu plano pela “tomada do poder” no Brasil e seu “golpe a democracia”, tudo de acordo com o planejado e sincronizado com a esquerda de outros países latino-americanos.

Lula, Dilma, Hugo Chaves, Nicolas Maduro, Evo Morales, Mujica e Cristina Kirchner não fizeram nem questão de disfarçar. Tudo que fizeram foi em prol de um único objetivo, a implantação do socialismo e comunismo na América Latina.

Continua



O mais assustador é pensar que eles quase conseguiram. Exceto na Venezuela.

O que acontece na Venezuela é apenas uma parte do que estava previsto para acontecer na América Latina.

O povo brasileiro estava “a beira do abismo” e faltava muito pouco para o “verdadeiro golpe” comunista se desvelar no Brasil.

A sorte do povo brasileiro foi ontar com a traição do PMDB, o principal aliado do Partido dos Trabalhadores (PT), que não compactua com os ideais socialistas e comunistas e com o golpe arquitetado pela esquerda contra a democracia brasileira.

Não há mais motivos para o povo voltar a acreditar nas mentiras contadas e duvidar do posicionamento do PT e da esquerda brasileira contra a democracia brasileira.

“O povo acordou!”, os movimentos populares ganharam força no Brasil e foram os verdadeiros protagonistas da queda da esquerda no Brasil, através do Impeachment da ex-presidente Dilma Roussef (PT).

Sem as manifestações populares nada seria possível.

A confirmação da queda da esquerda no Brasil é a baixa popularidade e a alta rejeição do Lula, seu principal líder.

Mas a luta não acaba com a queda da esquerda no Brasil.

É preciso garantir e impedir que a esquerda não volte a retomar o poder através de um novo golpe eleitoral.

Para isso, é preciso dar um fim a gestão eleitoral da “camarada”, Smartmatic, empresa venezuelana suspeita de favorecer a esquerda nos países onde atua.

A Smartmatic passou a atuar no Brasil na reeleição do ex-presidente Lula, e de forma suspeita elegeu, Dilma Roussef.

Foto: LULA MARQUES/AGPT (FOTOS PÚBLICAS)

 
   
 
   
    Suposta gravação de Lula com Rui Falcão após a delação do Palocci  
   
 
   
    Reforma Política, o novo golpe da esquerda brasileira  
   
 
   
    Caravana de Lula pelo nordeste já é um fracasso  
   
 
   
    STF retira do juiz Moro depoimentos de delatores da JBS contra Lula e Mantega  
   
 
 
 
REPULSA - Crítica e Opinião Política

Todos os direitos reservados © Copyright 2017, a Repulsa Press, Jon Rodrigues. Desenvolvimento e hospedagem web, Jon Rodrigues.